Dentes de Leite também exigem cuidados

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Dentes de Leite também exigem cuidados

Mensagem  estreladomar em Seg Set 15, 2008 5:45 pm

Dentes de Leite também exigem cuidados
Lá pelos dois anos e meio, a criança já conta com uma vintena de dentes de leite.

Estes dentes de leite irão cair, por volta dos seis anos, para serem substituídos pelos dentes definitivos. Uns dentes episódicos que, no entanto, não raro oferecem ao dentista a surpresa de os ver cariados. Se vão cair, que importa? A verdade é que podem pôr em perigo a boa saúde dos futuros dentes permanentes.

Pelos seis anos, quando estes dentes permanentes começam a surgir, são ainda muito frágeis: o esmalte, a capa protectora que os circunda, está ainda imatura e muito permeável ao ataque dos ácidos. A cárie não passa de um ninho de micróbios que podem contaminar o novo dente.

Vigiar a alimentação

Os diversos açúcares contidos nos alimentos são os primeiros responsáveis pelas cáries. São transformados em ácidos pelas bactérias naturalmente presentes na boca e são estes ácidos que alteram os dentes, abrindo brechas para que as bactérias se instalem em lugares onde nunca deveriam chegar.

Uma alimentação anti-cárie deve ser diversificada e não exagerar nos açúcares. Alimentos fora das refeições devem ser banidos: nesses momentos, a saliva é menos importante e os ácidos dos alimentos mostram-se mais agressivos.
Outra medida preventiva: não prolongue excessivamente os alimentos picados e moídos nas refeições das crianças, já que fazem com que os dentes fiquem expostos aos ácidos durante mais tempo.

Ingerir flúor

Os suplementos em flúor, em comprimidos ou em gotas, são aconselháveis desde os seis meses, altura em que geralmente nasce o primeiro dente, até cerca dos 14 meses. A partir desta idade, as crianças começam a comer como adultos, incluindo alimentos temperados com sal de cozinha, que contém flúor. Nalgumas regiões, também as águas são ricas em flúor. No entanto, se o flúor não for fornecido nos alimentos ou na água, é necessário continuar a administrá-lo por meio de gotas ou comprimidos até à adolescência.

Escovar os dentes

Uma boa higiene bucal preserva o equilíbrio bacteriano. Com efeito, a cárie forma-se quando as bactérias da boca se apresentam em número excessivo. A partir dos seis meses, a mãe deve lavar com uma compressa os dentes novos. Por volta dos doze meses, a criança pode ter a sua própria escova de dentes. Aos dois anos, e não antes, comece a usar dentífrico, mas em pequenas doses, pois a criança terá tendência a engoli-la. Aos poucos, a criança deve ser habituada a escovar os dentes 3 vezes por dia, após as refeições.
E não esqueça que os medicamentos destinados às crianças são frequentemente açucarados (antibióticos, xaropes, anti-tússicos...) pelo que devem ser administrados antes da lavagem dos dentes da noite.

A CÁRIE DO BIBERÃO

A síndrome da cárie do biberão pode atingir todos os dentes dos bebés, salvo os caninos e os incisivos inferiores. A causa é uma exposição excessiva aos hidratos de carbono, os açúcares. Os responsáveis são os biberões com água açucarada, os sumos de frutas, os leites aromatizados, as tetinas embebidas em mel e as bebidas açucaradas. Não dê bebidas açucaradas ao seu filho e não o deixe usar o biberão como chupeta.
avatar
estreladomar

Mensagens : 62
Data de inscrição : 27/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum